XXXVII

não quero lhe falar meu grande amor
das coisas que hoje nada digo
e frustrada me calo
porque amo a vida apaixonadamente
bem mais que a ti, reles estalo

a cerveja quente que fica no copo
vai pro ralo, e a gente paga mesmo assim
adeus, enfim, e quando então
mais hora, menos hora uma saudade
daquelas me tragar a vida
terei sentido sem sentidos
o que valeu pra mim
tua insensatez

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s